quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Ato XXXV - Fim, Recomeço e Fim.









Na tela que imagens transmitia
Paz e conforto sentia

Os olhos verdes a me admirar
Refletindo brilho ao me amar

Porem não era o mesmo 
O que minha alma sentia 

E nesse momento eu sabia
Você jamais seria minha.









 

Nenhum comentário:

Postar um comentário