quinta-feira, 2 de maio de 2013

Falando sobre Guitarras II : A Historia da GIBSON












Por mais de 100 anos a GIBSON tomou a iniciativa de criar as inovações que escreveram a história musical. Especialmente suas guitarras, são as grandes estrelas em cima dos palcos e companheiras inseparáveis das mãos de monstros sagrados como Keith Richards, Eric Clapton e Peter Green. Os instrumentos fabricados pela GIBSON são destinados a serem os clássicos de amanhã. Cada um deles possui o background de tradição, de inovação e do compromisso com qualidade que só a GIBSON pode oferecer.


A  História :

Tudo começou quando Orville Gibson, nascido em 1856 na cidade de Chateaugay, estado de Nova York, iniciou em 1894 a fabricação de mandolins, bandolins e violões (sendo o primeiro a colocar cordas de aço neles) na cidade de Kalamazoo, no estado do Michigan. O senhor Gibson, que tinha estudado a construção de violinos, foi pioneiro no projeto arch top, em que o corpo do instrumento era curvo em vez de plano.


Gibson Mandolins Orchestra




The Gibson Mandolins and Guitars 01/02/1898 Kalamazoo




 No dia 11 de outubro de 1902, fundou a Gibson Mandolin-Guitar com o objetivo de comercializá-los, embora tenha cessado o seu envolvimento com a empresa um ano depois.

Cartaz propaganda Gibson 20/09/1902


 No entanto, Gibson não queria construir instrumentos como os que os outros faziam: queria aplicar seus conceitos de construção de violinos e violoncelos aos bandolins e violões. Apareceram assim instrumentos com tampo e fundo curvo esculpido, além da tradicional boca redonda que foi substituída por aberturas em forma de “F”. A ponte (ou cavalete), antes colocada no tampo, passou a ser móvel, como nos violinos, atuando como um transmissor das vibrações das cordas para o tampo e caixa de ressonância. As madeiras empregadas passaram a ser similares às usadas nos violinos. Nascia, além da GIBSON que todos conhecem hoje, a guitarra de Jazz. Na década de 30, a empresa passou a fabricar as primeiras guitarras semi-acústicas disponíveis comercialmente, que foram popularizadas por Charlie Christian.
 Com as modificações realizadas pela GIBSON e com o aumento do tamanho da caixa de ressonância, realizada ainda na década de 30, a guitarra conseguiu um substancial aumento de volume sonoro. Os modelos lançados pela GIBSON, particularmente L-5 e Super 400, viraram campeões de popularidade entre os grupos de Jazz. Em 1936, a empresa lançou a guitarra “Electric Spanish”, modelo ES-150: uma guitarra acústica de jazz com um captador montado próximo ao braço. Não é de surpreender que a GIBSON já possuísse know-how para um lançamento deste tipo: muitos acreditam piamente que o famoso engenheiro Lloyd Loar, principal responsável por grande parte das criações da GIBSON, havia realizado diversos experimentos (e com sucesso) relativos a eletrificação de instrumentos enquanto trabalhou na GIBSON, de 1919 a 1924.


Gibson L-5


Gibson Super 400



Cartaz Propaganda  GIBSON  mod. ES-150


Gibson ES-150


 Em 1949 nascia a primeira guitarra que faria história: a Gibson ES175. Até então, as guitarras eram essencialmente desenhadas como instrumentos acústicos com a adição de um pickup. Este modelo mudou essa idéia, pois já foi conceitualmente projetado como uma guitarra elétrica. Corpo profundo, “f-holes” e uma única reentrância (cutaway) na parte inferior do corpo, em estilo Florentino. Originalmente, trazia um único captador, modelo P90 (soapbar).

Gibson ES-175





 Em 1952, a revolução. Com a participação do popular guitarrista Les Paul, a empresa inicia a fabricação de instrumentos de corpo maciço que viriam a se tornar lendários. Paul foi responsável por inúmeras inovações, inclusive pela introdução dos captadores do tipo Hambucker. O histórico modelo foi extremamente modificado até que se chegasse à sua versão “Standard”, o que só ocorreu em 1958, com a adição dos humbuckings, desenhados por Seth Lover, que se tornaram “o som marca registrada” das guitarras Les Paul, muito volume, muito sustain e nenhum hum (daí o nome humbucking). A Les Paul é, provavelmente, o “definitivo” som do Rock and Roll. Jimmy Page talvez seja o ícone maior dos tantos “monstros” que eternizaram a Les Paul como a guitarra do Rock. Praticamente todos os grandes guitarristas já usaram - ou ainda usam - uma Les Paul como instrumento básico de trabalho.

Cartaz Gibson Les Paul 1952

Guitarra GIBSON  Les Paul  1952



GIBSON  Les Paul 1958


 Após ser comprada pela Norlin Corporation no final da década de 60, a qualidade dos instrumentos declinou. Em 1974, a empresa inaugurou na cidade de Nashville no Tennessee, a fábrica conhecida como GIBSON USA, para produção de guitarras elétricas Les Paul. Dez anos depois, passando por enormes dificuldades financeiras, a empresa mudou sua sede para Nashville e fechou sua fábrica original em Kalamazoo. Somente em 1986, quando os empresários Henry Juszkiewicz e David Berryman compraram a GIBSON, a empresa começou a sair da crise. A Gibson Guitar Corporation, uma das mais renomadas fabricantes mundiais de guitarras acústicas e elétricas, se tornou responsável por lançamentos clássicos como as guitarras ES-175, ES-335, Flying V, Explorer, Firebird e SGs, além das lendárias Les Paul.        (fonte do texto :mundo das marcas)


GIBSON   ES-335






GIBSON  Flying V






GIBSON  Explorer





Gibson Firebird






Gibson SG Maestro






GIBSON  Les Paul  Ebony  std.






 O Pioneirismo :

A GIBSON foi o primeiro fabricante a: utilizar um tensor ajustável, a desenvolver uma ponte ajustável; a projetar um bandolim com buracos em “f”; a produzir a primeira guitarra de jazz com o corpo arqueado; a oferecer um banjo com aro de bronze; a fabricar a falange do banjo; a oferecer uma ponte com entonação ajustável Tune-o-matic; a instalar o Stopbar; a fabricar uma guitarra elétrica com tipos de madeiras diferentes; a desenvolver a guitarra semi-acústica; a experimentar e modernizar os formatos dos corpos às guitarras; a fabricar o captador humbucker; a produzir a primeira guitarra ecológica (série Smartwood®); entre muitas outras evoluções.



Os numeros seriais : 

Cada guitarra GIBSON possui um número de série gravado, que a partir de 1975 foi padronizado. Os oito dígitos (nove a partir de 2005) do número de série mostram a data de produção, onde foi produzido e a ordem de produção. O número de série possui códigos básicos:

YDDDYRRR 
YY: ano de produção.
DDD: dia da fabricação.
RRR: pedido do produto/onde foi fabricado.
-
Os números da fábrica onde o instrumento foi construído seguem um padrão:

001-499 Kalamazoo, Michigan (1975-1984)
500-999 Nashville, Tennessee (1975-1990)
001-299 Bozeman, Montana (após 1989)
300-999 Nashville, Tennessee (após 1990)
-Por exemplo, o número serial 90992487 significa que a guitarra foi produzida no nonagésimo nono dia de 1992 (quarta-feira, 8 de abril) na fábrica de Nashville, no Tennessee, e foi o instrumento de número 487 produzido naquele dia.



Serial number Gibson  made in U.S.A  mod. Les Paul




VOLTANDO AO PASSADO..  A  MAGIA  DOS PRIMEIROS INSTRUMENTOS GIBSON :

Antiga logo "the Gibson"



Como você pode observar até  agora, este post retrata apenas um pouco e de forma resumida a história dessa marca mundialmente  famosa de guitarras e instrumentos Gibson.

Mas como eu não pude  deixar de notar  em minhas pesquisas sobre  a marca , encontrei um site interessantissimo sobre os  instrumentos Gibson  antigos, com fotos sensacionais  entre violões  e outros instrumentos. Se você é um grande apreciador  de instrumentos  antigos e historia  em si, não poderia deixar de  apreciar  estas obras de arte. Resolvi então traduzir os  textos  e trazer  essas  fotos  maravilhosas  para  que  você possa  admirar toda a magia que  estes  instrumentos  apresentam tamanha  a raridade nos  dias  atuais.



Foto da coleção de Phyllis, Jerry, e Robert Corwin de violões GIBSON



Orville H. Gibson Mandolins and Guitars

VIOLÃO DE CORPO ARQUEADO E BANDOLIM ESCULPIDOS A MÃO POR : ORVILLE H. GIBSON



1898 Orville H. Gibson Guitarra semi-acústica

 Esculpida a mão  porOrville H. Gibson

Anteriormente da coleção Chinery

Ilustrado em p. 14 de Chinery

Ilustrado em p. 20, 70, 71 do Boston Museum of Fine Art ( Museu de Belas Artes de Boston)























1900 Orville H. Gibson Model F Mandolin
Bandolim GIBSON modelo F de 1900 










ILUSTRADO NO LIVRO : " A HISTORIA DA GUITARRA  AMERICANA"






1901 Orville H. Gibson Model A Mandolin
Bandolim GIBSON modelo A de 1901

Além do violão de tampo arqueado e do bandolim modelo "F", o terceiro modelo basico desenhado por Orville Gibson, o bandolim modelo "A" também serviu como um dos pilar para a linha Gibson por muitos  anos vindouros.








Ilustrado em Gruhn e Carter : "Guitarras acústicas, uma história fotográfica"






Esta é a unica etiqueta pré- Empresa GIBSON conhecida por  ter sido assinada a mão por Orville Gibson:






Instrumentos feitos por :

Gibson Mandolin - Guitar Mfg Co. Ltd.



 A empresa GIBSON  MANDOLIN - GUITAR Mgf Co. Ltd. Nasceu quando um grupo de investidores adquiriu o negócio de Orville Gibson em 1902.



1904 Gibson Style O


Este é o primeira guitarra acustica ( violão- viola aqui no Brasil), a ser fabricado pela Gibson "Empresa" . Construido provavelmente pelo proprio Orville Gibson ou sob sua supervisão enquanto treinava novos trabalhadores para seguir seus projetos. 

Este  instrumento representa o : Numero de Série 2625













1904 Gibson Style A Mandolin 
Bandolim GIBSON modelo A de 1904


Bandolim da GIBSON ja versão "GIBSON - Empresa", em uma  de suas primeiras  versões.



   Número de Série 2863




O logotipo inclinado "The Gibson" apareceu em alguns instrumentos antigos da empresa de Gibson, enquanto muitos tinham um cabeçote em branco ou uma estrela.














1906 Gibson Style F2 Artist Mandolin
   Bandolim GIBSON modelo F.

 


  Número de Série 3959







No início os bandolins Gibson tinham um escudo embutido que foi substituído por um escudo criado em 1907.



1906 Gibson Style L1 Guitar


Os primeiros  violões Gibson eram arqueados no tampo e no fundo "arched top and arched back"


Serial Number 5486


















                 1907 Gibson Style O Guitar
 


Serial Number 5779


 





1907 Gibson Style O Guitar


Serial Number 7872








Instruments Made by
    
Gibson Mandolin - Guitar Co.





1916 Gibson Style O "Artist" Guitar


A versão  "artist" (artista) do violão GIBSON  modelo O   foi produzido entre 1914 - 1921.





















Gibson "Modelo Master" 
L-5 Violão "virzi tone" 
Assinado por  Lloyd Loar,
 "engenheiro acustico" em 31 de março de 1924.

Serial Number 76710

Virzi #10184




O primeiro modelo de  violão construido por  Gibson em 1898 com o tampo e fundo  arqueados, e  ao lado o violão com bocas  em "F" contruido por Lloyd Loar com o corpo em tamanho e formas  identicas como sendo o "modelo moderno" L-5 construido em 1924.












1926 Gibson L1 Guitar
Violão Gibson L1 do ano 1926



O primeiro flat top (tampo reto) Gibson, ainda tinha o fundo arqueado. Depois de 1926 a Gibson passou a fazer os violões com o tampo e tambem o fundo em um formato  plano; "flat".

a Gibson construiu seus violões por muitos anos  com o tampo e o fundo arqueados, enquanto a MARTIN e Co. ( outra grande marca famosa de instrumentos ) ja vinha  fabricando os  violões  mais  populares dos E.U.A desde 1833 com tampo e fundo retos. a Gibson viria  a construir  os violões com estas  mesmas  caracteristicasc a cerca de 93 anos  mais  tarde.

A Gibson manteve suas  formas  arqueadas em grande parte de suas guitarras elétricas décadas  mais  tarde.










Da  esquerda p/direita : Violão Gibson L-1 (primeiro violão com tampo reto) , ao lado um exemplar dos primeiros violões de tampo e fundo arqueados feitos  a mão por Orville Gibson  em 1898, e por ultimo o violão archtop com  bocas em "F" que serviria de inspiração para as primeiras guitarras semi-acusticas de Jazz.





1929 Gibson "Florentine" Nick Lucas Special Guitar

Este é um violão raro,GIBSON  "Florentine" foram fabricados pouquissimos  exemplares deste modelo onde  não se tem uma exata  precisão sobre  a data de fabricação ( estima se que entre 1929 e 1932)




Serial Number 85102
















1930 Gibson Nick Lucas Special Guitar


  Serial Number 86608   








1930 Gibson Trujo Style A e 1931 Trujo Style B








Este é um dos violões  mais  raros produzidos pela Gibson para uma pequena empresa  em São Francisco, denominada TRUJO. 

Estas "belezinhas" TRUJO foram fabricadas  com madeiras  nobres: Pau rosa, Mogno e Jacarandá importados  do  BRASIL !!! 

A GIBSON  produziu poucas  unidades  de  instrumentos  com  madeiras brasileiras ( consideradas  as melhores do mundo). Isto faz com que  os violões TRUJO  sejam de fato violões nobres.





















                         Gibson Kel Kroydon Guitar


Outro violão feito pela GIBSON  com outro nome  estampado no headstock é  o Kel  Kroydon.

A Kel Kroydon é muitas vezes visto com um desenho estampado na parte superior.

O nome Kroydon Kel, cuja origem não é conhecida, foi mais tarde utilizado para brinquedos de madeira produzidos por Gibson durante os anos de guerra.






















Gibson L-2




Foram construidos de mogno, mas  entre 1920 - 1930 pasaram a usar jacarandá da  amazonia (Nosso tão nobre jacarandá brasileiro !!! ). Porém pesquisas  feitas  revelam que  alguns modelos foram fabricados com duas  espécies de jacarandá, o  jacarandá brasileiro e o jacarandá indiano.

Instrumentos que misturam as duas espécies de jacarandá (brasileiro e indiano), possuem um timbre inegualavel. (fonte: the old Gibson guitars).














OUTRO BELO EXEMPLAR DE  UM GIBSON  FEITO COM JACARANDÁ BRASILEIRO :






Gibson L-2 Tenor
Produzido com jacarandá brasileiro.














Gibson "Century" L-C Guitar
Construido em 1933 para o "Century of Progress Exposition" em Chicago.



















Violões Gibson Jumbo das decadas de 30 e 40 :



1940 J-100, 1940 Roy Smeck Stage Deluxe, 1934 Roy Smeck Radio Grande, 1940 J-55, 1939 Recording King Ray Whitely, 1939 Recording King Carson Robison Jumbo




1932 Gibson HG-20, HG-22, and HG 24 Hawaiian Guitars






E para  fechar esta galeria de fotos dos instrumentos GIBSON antigos, estas duas  fotos de  violões feitos de jacarandá brasileiro :









(fonte retirada de : Vintage Gibson Company Acoustic Guitars and Mandolins,Created by Folk and Roots Music Photographer Robert Corwin,Featuring Instruments from the Phyllis, Jerry, and Robert Corwin Collection.Old Gibson.com)





 VOLTANDO  AO PRESENTE :
Uma visitinha as fabricas da Gibson:




Este primeiro video mostra a fabrica sede Gibson U.S.A localizada em Nashville, TN, onde  são fabricadas  as guitarras solidas (Lespaul, SG, Explorer, Firebird  , etc.. ) :









Os demais videos mostram a fabrica da Gibson Custom, localizada  em Memphis, TN, onde  são fabricados  os modelos de guitarras de corpo oco e semi- oco (acusticas e semi-acusticas) das  series Gibson  ES :















Este  é  o video da  fabrica de violões Gibson, localizada  em  Bozeman, Montana, MT.









UM PASSO PARA  O  FUTURO:

GIBSON ROBOT GUITAR  

"GUITARRA ROBÓTICA




Você ja imaginou uma Guitarra que pudesse afinar sozinha, com apenas um  apertar de botão ?? Pois  é, a Gibson mais uma  vez inovando o mundo das  guitarras, inventou uma tecnologia que a guitarra se afina automaticamante ao selecionar a afinação desejada  para  tocar.



Aqui o texto retirado do site da Gibson robot e traduzido para  o português :



A Gibson apresenta com orgulho a
Robot Guitar, uma primeira tiragem de edição limitada


  7 de Dezembro de 2007, a Gibson irá mudar para sempre o mundo das guitarras. Outra vez.

Fiel ao espírito de inovação que inspirou a Gibson a inventar a lendária ponte Tune-o-Matic, o potente humbucker e a revolucionária guitarra Digital Les Paul, a Gibson apresenta com orgulho a Gibson Robot Guitar, a primeira guitarra do mundo com tecnologia robótica.

Desde os primórdios do instrumento, os músicos têm vindo a aceitar as imperfeições da guitarra e a falta de precisão de tom como males necessários. Quer no palco quer fora dele, os guitarristas lutaram para se manterem afinados. Qualquer amante de música já teve de sofrer o zumbido atónico de interrupção do espectáculo e que destrói o ambiente de uma guitarra com amplificação muita alta a ser afinada. E no estúdio ou em casa, a entoação imprecisa que afina e desafina a guitarra, para cima e para baixo no braço, à medida que o instrumento necessita de ajustes a cada época do ano e por vezes a cada mudança de cordas.

Desde que a guitarra tem existido, os amantes da guitarra têm tido duas opções, viver com um instrumento temperamental e desafinado ou realizar viagens frequentes à loja para fazer ajustes. Agora já não.

Apresentamos a Gibson Robot Guitar. A única coisa que tem de fazer é tocar.  (fonte:gibson.com/robotguitar)





























































2 comentários:

  1. Bom site, parabens. Tenho ainda muita duvida sobre os modelos standard, custom e custom shop. Falta ainda alguma informação e na hora de se interessar é uma verdadeira salada de frutas a quantidade de modelos e tipos

    ResponderExcluir
  2. Bom site, parabens. Tenho ainda muita duvida sobre os modelos standard, custom e custom shop. Falta ainda alguma informação e na hora de se interessar é uma verdadeira salada de frutas a quantidade de modelos e tipos

    ResponderExcluir